segunda-feira, agosto 14, 2006

Circuito Cineclubista de Estréias ou Breve em um Cineclube Perto de Você!








De 16 de Agosto a 14 de Setembro de 2006, vinte e dois Cineclubes de seis estados –RJ (16) / SP (2) / PB (1) / RN (1) / RS (1) / SC (1) – participarão da primeira edição do Circuito Cineclubista de Estréias. Serão exibidos dois filmes produzidos durante a 26a. Jornada Nacional de Cineclubes, evento onde foi concebido. São eles:

“Camareira”, de Zonda Bez (5 min, digital, 2006)
“Transtorno”, de Pablo Cunha, Daniel Bosi, Fabíola Trinca, Márcio Bertoni, Bruno Cabús (4 min, digital, 2006)

Uma vez por mês, os cineclubes participantes do Circuito somam às suas programações e curadorias normais um ou mais curtas-metragens inéditos, em um programa de até 10 minutos, a ser exibido no formato DVD. A curadoria do Circuito é alternada entre seus estados participantes, sendo a primeira carioca.

Talvez o mais surpreendente do Circuito Cineclubista de Estréias seja a possibilidade de verificarmos que a exibição alternativa de filmes é uma atividade que aos poucos começa a fazer frente aos grandes exibidores de cinema. Um curta-metragem, em média, consegue ser exibido ao longo de um ano de carreira em festivais a um público de aproximadamente 3 mil pessoas, se participar de 10 eventos de grande porte. Estima-se que, nesta primeira edição, os curtas participantes tenham um público equivalente.

Os cineclubes participantes gravarão suas sessões para posterior montagem de um curta-metragem e contabilizarão o número de espectadores presentes em cada uma das sessões a título de registro nas empresas que lidam com números de mercado. Ambas as ações demonstrarão a abrangência e a diversidade do cineclubismo brasileiro bem como a medida da adesão do público.

Para o Rio de Janeiro, o Circuito Cineclubista de Estréias tem um sabor especial. Participaremos com o expressivo número de 16 cineclubes; seu lançamento acontecerá na quarta-feira dia 16 de Agosto, na comemoração de 4 anos de aniversário do Cachaça Cinema Clube; seu encerramento será na sexta-fera dia 14 de Setembro com o Cineclube Ankito; e, neste ínterim, na quinta-feira dia 31 de Agosto, o Cineclube Tela Brasilis promoverá uma sessão especial em comemoração aos seus 3 anos de aniversário. Será exibido na Cinemateca do MAM, às 18:30hs, o longa-metragem "Sete dias de agonia (O encalhe)", de Denoy de Oliveira. O filme, praticamente desconhecido hoje em dia, fez interessante carreira cineclubista à sua época. A intenção é justamente fazer uma sessão para que se debata o cineclubismo carioca e brasileiro, que passam por intenso e organizado processo de recrudescimento.

Prova disto, é que no Rio de Janeiro quinze cineclubes deram início aos trâmites legais para a constituição da ASCINE (Associação dos Cineclubes do Rio de Janeiro). No âmbito nacional, recentemente, a ANCINE encaminhou aos cineclubes uma proposta de resolução para regulamentação e reconhecimento da atividade, definindo e estabelecendo normas de existência e funcionamento; e o Ministério da Cultura, através de sua Secretaria de Audiovisual lançou o edital de Implantação de Pontos de Difusão Digital.

Portanto, o Circuito Cineclubista de Estréias vem para unir em uma ação conjunta cineclubes de todo o Brasil que trabalham de diferentes formas a exibição de filmes. Para além de preferências por certas metragens ou gêneros, estejam em parceria com centros culturais ou na rua, quer possuam equipamentos modernos ou até mesmo promovam sessões sem tela, a prática cineclubista vem, através do Circuito, provar sua força. O “circuito alternativo de exibição” não é alternativo por ser o lado B das salas convencionais de cinema. Em sua diversidade de propostas, os cineclubes oxigenam a programação cultural dos locais onde se instalam. Isto é, promovem um novo tipo de relação entre seus freqüentadores e destes com as obras audiovisuais, seus realizadores, e os próprios exibidores (os cineclubistas). O encontro direto e visceral de todos estes agentes é o caráter alternativo dos cineclubes.


Por fim, gostaria de destacar o apoio da nascente ASCINE, e dentro dela o prazer do trabalho em parceria com os amigos Dario Gularte e Frederico Cardoso para a realização desta primeira edição, além de agradecer a adesão e disponibilidade dos 22 cineclubes participantes.

Rodrigo Bouillet
Diretor Administrativo ASCINE
Coordenador do Circuito Cineclubista de Estréias (RJ)
Cineclube Tela Brasilis – Rio de Janeiro


Nos encontramos de norte a sul deste Brasil !!!


Quarta, 16 de Agosto de 2006
20:30 Cachaça Cinema Clube (RJ)

Sexta, 18 de Agosto de 2006
19:00 Filé de Peixe (RJ)

20 de Agosto de 2006
19:00 Cineclube Natal (RN)

Sexta, 25 de Agosto de 2006
19:00 Cinema Com Batuque (RJ)

Quarta, 30 de Agosto de 2006
19:00 Cineclube Lanterninha Aurélio – Centro Cultural CESMA (RS)
19:00 Cine UFSCar (SP)
20:00 CineZona (RJ)
20:00 Cineclube Mate Com Angu (RJ)

Quinta, 31 de Agosto de 2006
9:30 e 14:00 Cine Guandu (RJ)
18:30 Cineclube Tela Brasilis (RJ)
19:30 Cineclube Sobrado Cultural (RJ)
23:00 Cineclube Beco do Rato (RJ)

Sexta, 01 de Setembro de 2006
18:30 Cineclube Sem Tela (RJ)
20:30 Cineclube Curta o Curta (RJ)

Sábado, 02 de Setembro de 2006
16:00 Cineclube ABD&C (RJ)
19:30 Cine Brechó (RJ)

Domingo, 03 de Setembro de 2006
Cine Santa (RJ)

Terça, 05 de Setembro de 2006
19:00 Cineclube Buraco do Getúlio (RJ)

Quarta, 6 de setembro de 2006
19:30 Tintin Cineclube (PB)

Domingo, 10 de setembro de 2006
20:00 Cineclube Votorantim (SP)

Quarta, 13 de setembro de 2006
19:00 Plasticine Clube (SC)

Sexta, 14 de Setembro de 2006
19:00 Cineclube Ankito (RJ)